Notre Dame @ Stanford – Quais prospectos ficar de olho

2
193

Essa semana é a semana da rivalidade no college, não dá para sair de casa com tantos jogos excelentes acontecendo. Pensa em uma desculpa para a namorada ou para os amigos e fique em casa assistindo, ou melhor, chame ela e eles para assistir junto com você.

O jogo que a ESPN escolheu transmitir hoje é Notre Dame @ Stanford. Pra quem não sabe, é uma rivalidade gigantesca mesmo eles não serem próximos regionalmente falando, pra quem quiser conhecer mais sobre a história, recomendo esse post escrito pelo The Fraternity.

Mas como esse site não é para falar de história e nem das universidades em si e sim dos jogadores, separamos alguns jogadores para você prestar mais atenção enquanto estiver vendo o jogo.

Quando Stanford tiver a bola:

RB Bryce Love #20, Junior

(David Bernal / ISI Photos)

A grande estrela desse ataque, Love possui uma habilidade de mudança de direção excelente e que faz com que seja comparado até mesmo com o RB LeSean McCoy nesse quesito. Já falamos mais sobre o Love no podcast sobre os Running Backs. Ouça aqui.

OL David Bright #64, Redshirt Senior

Bright já jogou de LG, RG e LT nessa linha ofensiva de Stanford e possui um ótimo pad level e uso das mãos. Como tradição, Stanford sempre produzindo jogadores de OL com boa técnica. O maior problema de David Bright é o seu atleticismo que deixa a desejar e o seu peso também não é o ideal para NFL. Vejo o Bright com mais possibilidade de ser OG na NFL.

LB Drue Tranquill #23, Senior

Tranquill é capitão de Notre Dame e faz por merecer o C. É um jogador inteligente dentro e fora de campo, sempre dando entrevistas inteligentes e em campo mostra que entende o ataque adversário. É um bom tackleador que possui um motor que não para. Bom atleta e excelente cobrindo o passe. Um prospecto que merecia ser falado mais do que vêm sendo.

É utilizado em uma posição híbrida entre LB e S, em uma espécie de rover. Talvez por isso ninguém esteja falando de Tranquill.

Quando Notre Dame tiver a bola:

WR Equanimeous St. Brown #6, Junior

St. Brown iniciou o processo do Draft sendo um dos grandes nomes na posição de WR. Infelizmente ele não jogou para essas expectativas tendo uma temporada bem decepcionante em Fighting Irish com apenas 357 jardas e 3 touchdowns. St. Brown entrou no protocolo de concussão no último jogo e não sabemos ainda se ele irá jogar ou não.

Apesar dos números decepcionantes, podemos culpar o QB Brandon Wimbush que não ajuda o recebedor também. Se o #6 jogar, preste atenção nas suas rotas pois é a sua maior qualidade.

OG Quenton Nelson #56, Senior

Quenton Nelson possui técnica e atleticismo suficiente para quebrar a banca e ser uma escolha top-5 no Draft de 2018. A sua inteligência de jogo é elite e conseguiu até mesmo desenvolver intuição para stunts e blitzes adversárias. O Pedro Pinto já fez post falando sobre o Nelson, leia aqui.

LT Mike McGlinchey #68, Redshirt Senior

McGlinchey é uma paixonite que eu tenho desde o Draft passado e ele teria sido meu OT1 se tivesse se declarado. A volta para o ano de Senior não foi uma boa escolha para McGlinchey pois provavelmente não deverá ser o OT1 dessa classe e seu jogo não teve uma evolução notável de um ano para outro.

McGlinchey continua sendo um prospecto de primeira rodada possuindo uma boa agilidade lateral, um ótimo punch e excelente âncoragem.

RB Josh Adams #33, Junior

Adams tem ótimos números nessa temporada, mas teve jogos contra universidades grandes que ele não produziu como deveria, então o jogo de hoje vai ser importantíssimo para o camisa #33. Quando Adams consegue um espaço para correr, é difícil parar o running back de Notre Dame, ele possuivelocidade e equilíbrio para conseguir uma big play a qualquer momento e junto com seu peso, altura e atitude é uma tarefa muito ingrata de pará-lo.

S Justin Reid #8, Junior

Irmão do Safety do 49ers Eric Reid, Justin também mostra que pode jogar nos Domingos. Reid exibe boa habilidade de ball skills e processamento mental, já tendo 5 interceptações nessa temporada. Além disso, Reid também é um bom jogador contra o jogo corrido e isso é exibido em suas estatísticas tendo já 74 tackles na temporada, liderando o time de Stanford nesse quesito.

CB Quenton Meeks #24, Junior

Meeks é uma das grandes surpresas da temporada e por muitos, incluindo este que vos escreve, o considera como top-5 cornerback da classe por enquanto. Meeks é um CB que estuda o jogo, é paciente e joga muito físico. Vai ser uma batalha interessante vê-lo contra St. Brown.

2 COMENTÁRIOS

  1. Na minha opinião sim. Ele vem tendo problemas com speed rushers, o que pode ser minimizado na direita. No mais, ele tem boas traits que so precisam ser refinadas. Mas isso faz com que seu valor caia, por LT vale muito mais no board que RT.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here