Habilidade de cobertura homem-a-homem de Mike Hughes impressiona

5
178

Essa classe de cornerback tem me trazido cada vez mais boas impressões a cada dia que vejo mais tapes de CBs. Recentemente, estava vendo tape do LB Shaquem Griffin e o CB #19 me chamou a atenção entre um snap e outro.

Hughes vem de uma transferência de uma universidade Garden City C.C. da JUCO(Junior College) e também já passou por UNC na temporada de 2015. Em UNC, acabou sendo suspenso pela universidade por 2 partidas junto com o companheiro M.J. Stewart por “violação das regras do time”.

Ao chegar em UCF, Hughes junto com a universidade tiveram um ano mágico e pela temporada que o CB fez, não é absurdo em falarmos dele quando formos falar dos melhores cornerbacks da classe.

Hughes possui 5’11 e 191lbs mas o tape dele parece que é muito mais alto e forte do que isso, ele é um jogador que é extremamente físico. Definitivamente sua habilidade atlética chama muito a atenção, principalmente sua velocidade para acompanhar passo a passo o recebedor e mesmo quando Hughes erra e precisa se recuperar, sua velocidade o permite isso.

A primeira jogada que separei dele é para demonstrar a sua fisicalidade. A jogada é uma screen com o running back saindo do backfield. Assim que lê a jogada, Hughes simplesmente passa por cima do WR designado para o bloquear para conseguir ajudar fazer o tackle.

via GIPHY

Mas agora vou colocar algumas jogadas que me fizera apaixonar por Mike Hughes. No canto inferior da tela, Hughes mostra um bom trabalho de pés e sua velocidade para inclusive se manter na frente do recebedor, virar o rosto, procurar a bola e quase fazer a interceptação, salvo pelo WR que virou o CB em um momento de inversão de papéis.

via GIPHY

Abaixo, outra jogada parecida. Mike Hughes novamente se coloca em posição para se “tornar o WR” na jogada e dessa vez o WR não foi tão bom defensor assim.

via GIPHY

Está vendo uma tendência aqui?

via GIPHY

Contra Memphis, no primeiro confronto (se enfrentaram 2x na temporada), Mike Hughes alinhou muitas vezes contra Anthony Miller, prospecto que muitos falam entre a primeira e a segunda rodada e levou a melhor na maioria.

via GIPHY

via GIPHY

Algo que Hughes precisa melhorar na NFL é a sua técnica de tackle, quase sempre em campo aberto ele se joga contra o adversário ao invés de embrulhar com os dois braços e jogar no chão, causando muitos tackles perdidos.

via GIPHY

Hughes essa semana foi cotado como primeira rodada no primeiro Mock do Mel Kiper e por mais que muitos odeiem os mocks do Kiper, ele faz os mocks conforme o que está ouvindo os times falando. Não me surpreenderia em ver Mike Hughes ter seu nome chamado no final do dia 1 ou no começo do dia 2.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBrian O’Neill vs Virginia Tech (2017)
Próximo artigoKolton Miller vs Memphis (2017)
Editor-chefe do Panthers Brasil, editor de vídeo do Draft Breakdown e ex-aluno do Scouting Academy. Apaixonado por scouting, tem o dia do Draft como o melhor dia do ano. Twitter: @lipevieira

5 COMENTÁRIOS

  1. Boa matéria, gostei demais da análise dele, bem demonstrado sua parte física e sua falha nos tackle, ele usa essa mesma técnica quando foi bloquear o RB,como e sua atitude extra campo, isso preocupa demais????????? Chance do Denver pegar já que querem corta o talib ????????????

  2. Por falar em Mock, você não acha que está atrasado com os seus não?!?!?!

    O Deivis já está no 10.0 e ainda com 2 rounds!!!

    Bora correr atrás aí Felipe!

    Abç!

  3. Ele é um ótimo CB, coloco alguns nomes na frente dele Minnkah Fitzpatrick se for draftado como corner, Joshua Jackson, Denzel Ward, Jaire Alexander, mas considero ele melhor que alguns corners de hype maior como Isaiah Oliver e Carlton Davis

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here