[DeShone Kizer] – Acompanhando os novatos na NFL – S01E09

0
196

Semana 5 da NFL e parece que as esperanças do Browns em ter achado o seu franchise QB vão diminuindo mais um pouco. Apesar de Hue Jackson de ter dado a confiança necessária e ter declarado antes de começar a temporada que iria com Kizer “nos bons e nos maus momentos”, Kizer já foi colocado no banco no último jogo após maus momentos com a camisa de Cleveland.

Kizer era pra muitos o melhor QB da classe e o Browns selecioná-lo apenas na segunda rodada, depois de selecionar Garrett, Peppers e Njoku na primeira rodada parecia ser um Draft perfeito. Porém, Kizer vem mostrando na NFL os problemas que tinham no College e sua confiança diminuindo jogo após jogo. Isso explica o fato do Hue Jackson ter colocado na reserva. Isso era um dos fatores que mais me preocupavam no Kizer como prospecto, como sua confiança era abalada após uma sequência de jogos ou jogadas ruins. Kizer chegou até mesmo a pensar em abandonar o futebol americano depois de ter uma intertemporada ruim em Notre Dame.

Não me interprete mal, eu gosto do Kizer, apesar dele ter sido o meu QB4 no Draft passado, mas ele não estava pronto para começar a temporada jogando. Muitos quiseram acreditar que ele estava após uma ou outra jogada bonita dele na pré-temporada, mas no geral, Kizer também não foi tão bem assim nem na pre-season.

Muitos defendem que o QB novato precisa jogar para ganhar experiência e aprender com os erros. Eu discordo dessa ideia, porque precisamos saber com que tipo de jogador que estamos tratando, se fosse o Deshaun Watson eu estou totalmente a favor dessa ideia porque Watson possuía uma mentalidade muito forte e para abalar a sua confiança é difícil, ao contrário do Kizer.

Conforme foram se passando os jogos, Kizer começou a ver fantasmas, a ficar hesitante em fazer jogadas por medo de erros e a sua acurácia caiu.

Na jogada abaixo podemos ver como Kizer está hesitante por medo de erros e acaba segurando a bola. Ele faz dois pump fakes e não solta a bola e acaba sendo sackado. Esse é o tipo de sack que é totalmente na conta do QB e não da linha ofensiva. Além de não ter soltado a bola, Kizer se movimenta para o lado errado no pocket, facilitando o trabalho do DE. Um sack cedido por Joe Thomas que ele não teve culpa nenhuma.

Abaixo, uma jogada que o timing e a precisão do Kizer não são ideais. A jogada é um conceito chamado Smash que foi utilizado no field side(parte que tem mais campo, porque a bola está posicionada na hash da direita), onde o recebedor de fora corre uma hitch route e o de dentro corre uma corner route. Sua progressão é simples, (1) corner e (2) hitch. Se o CB de fora ficar fiel ao seu jogador de fora, ele passa na rota corner, caso o CB ganhe profundidade, o passe é feito na hitch. Kizer até faz um bom trabalho antes do lançamento, pois executa o pump fake fazendo com que o CB respeite a hitch, mas quando lança na corner, ele já está milésimos de segundo atrasado e o passe é impreciso.

Abaixo, uma de suas piores jogadas do jogo. Kizer começa a sua progressão olhando para o lado direito do campo, sua linha ofensiva faz um bom trabalho contendo os pass rushers de New York, mas o relógio interno de Kizer não funciona direito e antes mesmo de qualquer pass rusher ameaçar a complicar a jogada, Kizer sai do pocket correndo pra frente. Ele nunca olhou para o Njoku que estava totalmente aberto e tempo para isso ele teve. Kizer começou a ver fantasmas, a última coisa que um técnico quer ver de um quarterback novato.

Veja por outro ângulo:

E para fechar o primeiro tempo, a última jogada do Browns deve ter sido a confirmação para Jackson que ele iria colocar Kevin Hogan como QB no jogo. Kizer novamente não mostra presença de pocket nenhuma, saindo de um pocket limpo, onde só 3 adversários foram pro pass rush, faz o rollout pra direita onde não consegue encontrar ninguém livre.

A boa notícia para os torcedores do Browns e dos fãs do Kizer é que ele ainda só tem 21 anos e esses erros podem ser consertadas, mas Kizer precisa aprender com esses erros nos treinos e no film room, pois repetir essas falhas no campo por uma temporada inteira pode minar com a sua confiança e virar um QB que tinha futuro mas que foi estragado por uma coaching staff que não tinha um plano bem estruturado pra ele e nem um time talentoso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here