Calvin Ridley e sua capacidade de correr rotas

0
141

Se tem uma coisa que torna todo WR extremamente perigoso é sua capacidade de correr bem as rotas. Persuadir o defensor a acreditar que correrá para o outro lado, achar espaço entre as zonas, fazer os ajustes necessários para separação. O WR que consegue fazer esta com grande parte do seu trabalho bem feito. Vamos avaliar com Calvin Ridley, de Alabama se saiu nesta trait no primeiro jogo da temporada contra a forte secundária de Florida State.

No lance abaixo temos Ridley alinhado próximo ao box, como slot. Ele dá um primeiro passo firme para dentro induzindo seu marcador. Logo no segundo passo, ele faz a quebra rápida para fora, o que é suficiente para que ele consiga a separação e esteja livre na corner route para recepção.

Agora contra marcação press. Alinhado na direita, Ridley novamente tem um primeiro passo muito forte indicando um outside release e induzindo seu marcador. O que vemos em seguida é um ótimo trabalho de coordenação entre braços, quadris e pernas, fazendo o movimento pra dentro e deixando o CB completamente batido na slant.

Agora uma big play. O CB claramente esta preocupado em não ser batido por fora na rota de Ridley e acredita contar com o apoio do safety, que acaba caindo no fake de jet sweep. Ridley notando isso, muda sua rota para uma post perfeita, ganhando separação do CB e finalizando com um TD longo. Isso demonstra além de boas rotas, um bom processamento mental.

Ridley ja desponta como um dos melhores WR’s desta classe e sua capacidade de correr rotas bem é uma das suas melhores qualidades. Caso continue nessa toada, é um sério candidato a ser o primeiro WR a ser escolhido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here