7 edges pra você ficar de olho

0
187

A temporada do College Football começou pra valer e nesta semana elencamos 7 edges (jogadores que jogam nas laterais, sendo DE em 4-3 ou OLB em 3-4) que prometem chamar a atenção durante o ano.

Arden Key – LSU
Número : 49
Peso:108 kgs Altura:1,98

Vindo de Atlanta e sendo bastante disputado por universidades como Florida, Auburn e Florida State, temos Arden Key junior de LSU. Em 2016 ele conseguiu números expressivos na agressiva defesa dos Tigers. Ao todo foram 55 tackles, 12 sacks e 3 fumbles forçados.
Apesar de jogar como um híbrido de DE/OLB, terá que ganhar peso para exercer a primeira função na NFL. Jogador extremamente explosivo, tem facilidade em acelerar e “dobrar a esquina” com velocidade, complicando a vinda de OT mais lentos. Quadris rápidos, ótima mudança de direção e facilidade em identificar as jogadas com boa disciplina tática para conter read options dos QB’s. Boa técnica para sackar o QB e conseguir tackles for loss.
Preciso melhorar seu trabalho de mãos na saída dos bloqueios e seu repertório de pass rush moves.
Dinamite pura, uma jóia a ser trabalhada e lapidada.

Harold Landry – Boston College
Número 7
Peso:113 kgs Altura:1,91

Não muito badalado no High School e vindo da Carolina do Norte, temos Harold Landry, que fará sua última temporada por Boston College. Em 2016 ele teve 51 tackles (sendo 22 for loss!), 16,5 sacks, 7 fumbles forçados e uma interceptação. Números para ninguém colocar defeito.
Jogou a temporada inteira com “mão na terra”, mas pode jogar tranquilamente como OLB numa 3-4 defense. Jogador dinâmico, com velocidade extrema e mudanças de direção rápidas, tem bom pass rush moves e tackles apurados. Sólido, consegue ser consistente não alternando performances boas com ruins. Tem um “instinto assassino” na caça ao QB e consegue forçar turnovers.
Precisa ganhar massa muscular e aprender a trabalhar contra double teams, além de uma maior capacidade em reconhecer as jogadas.

Sam Hubbard – Ohio State
Número: 6
Peso:120 kgs Altura:1,96

Após quase ter ido jogar lacrosse por Notre Dame, Hubbard optou pelo football em Ohio State e não poderia ter dado mais certo! Ele teve 46 tackes, 3,5 sacks e 2 passes desviados na última temporada.
Com excelente técnica saindo dos bloqueios, ele consegue fechar bem as laterais e é acima da média contra o jogo corrido. Nunca tira os olhos da bola e você o vê perseguindo jogadores no backfield, no lado contrário ao seu da jogada.
Tem um primeiro passo muito forte e explosão no pass rush, conseguindo muitas vezes apressar o QB. É um jogador que muitas vezes não chama tanta atenção, mas faz seu trabalho brilhantemente.
Precisa melhorar a sua velocidade, para se tornar um pass rusher de elite.

Bradley Chubb – North Carolina State
Número: 9
Peso: 124kgs Altura:1,93

Um prospecto apenas mediano no High School, Bradley Chubb se tornou uma referência na defesa de North Carolina State. Ele terminou a temporada passada com 53 tackles, 10,5 sacks e 1 fumble forçado.
Um legitimo DE de formações 4-3, Chubb se destaca pela ótima penetração nos gaps. Explosivo, usa bem as mãos e tem um inside move de muita qualidade. Mantém sempre o foco na bola e reconhece as jogadas com facilidade.
Precisa melhorar sua técnica de tackles e aumentar sua aceleração na linha de scrimmage, para se tornar um jogador completo.

Ogbonnia Okoronkwo – Oklahoma
Número: 31
Peso:112 kgs Altura:1,88

Vindo do Texas e sem barulho durante seus anos de High School, esse descendente de africanos vem conquistando espaço nos Sooners e em seu junior year teve 72 tackles, 9 sacks, 2 fumbles forçados e 3 passes defendidos.
Se você gosta de velocidade e versatilidade, esse é o jogador certo. Jogando sempre como OLB, Okoronkwo alia grande velocidade e aceleração, com ótima disciplina tática e versatilidade. Ele pode tanto jogar como pass rusher quanto cobrir determinada zona em passe com muita eficiência. Boa técnica de tackle e reconhecimento de read options, mas precisa melhorar a sua saída de bloqueios bem como diversificar seus pass rush moves. Além disso, perdeu 6 jogos por lesão nos 2 últimos anos e operou o ombro logo após o fim da última temporada.
Tem capacidade para ser adaptado para weakside linebacker num sistema 4-3.

Dorance Armstrong – Kansas
Número: 2
Peso:109 kgs Altura: 1,93

Mais uma cria do Texas, Dorance Armstrong vai para seu junior year pelos Jayhawks com a esperança de uma grande temporada. Em 2016 ele conseguiu 57 tackles, 10 sacks e 3 fumbles forçados, jogando por um time que só teve duas vitórias na temporada.
Aqui o assunto é um só: Pass rush! Não espere um jogador que dropa para cobrir zona, ou que vai fazer contain nos gaps. Velocidade e aceleração absurdas, muito atleticismo, um spin move afiado e muito instinto assassino.
Precisa ser refinado e evoluir como jogador taticamente, se tornando mais versátil, adicionando elementos ao seu jogo. Precisa também de um ganho de massa muscular.

Duke Ejiofor – Wake Forrest
Número:53
Peso: 122kgs Altura:1,93

Multi atleta no High School no Texas, onde praticava atletismo, acabou optando pela pequena Wake Forrest, onde teve um trabalho de ganho de massa muscular. Ele volta para seu senior year após conseguir em 2016 50 tackles, 10,5 sacks, 2 fumbles forçados e uma interceptação.
Devo confessar que Ejiofor é um dos meus jogadores prediletos a serem observados. Muita força e técnica na saída dos bloqueios, fazem com que ele possa em determinados momentos ele possa alinhar como 3-tech sem perder a qualidade. Uma variedade interessante de pass rush moves, um motor que não se apaga e excelente disciplina tática.
Lhe falta uma melhora no leverage e saída dos double teams, mas esse jogador pode ser uma jóia escondida em um time menor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here